Um Mestre da sabedoria passeava por uma floresta com seu fiel discípulo, quando avistou ao longe um sítio de aparência pobre e resolveu fazer uma breve visita. Durante o percurso ele falou ao aprendiz sobre a importância das visitas e as oportunidades de aprendizado que temos, também com as pessoas que mal conhecemos. Chegando ao sítio, constatou a pobreza do lugar: sem calçamento, casa de madeira, os moradores, um casal e três filhos, vestidos com roupas rasgadas e sujas. Então se aproximou do senhor, aparentemente o pai daquela família, e perguntou:

- Neste lugar não há sinais de pontos de comércio e de trabalho. Como o senhor e a sua família sobrevivem aqui?

E o senhor calmamente respondeu:

- Meu amigo, nós temos uma vaquinha que nos dá vários litros de leite todos os dias. Uma parte desse produto nós vendemos ou trocamos na cidade vizinha por outros alimentos e a outra parte nos produzimos queijo,coalhada, etc, para o nosso consumo e assim vamos sobrevivendo.

O sábio agradeceu pela informação, contemplou o lugar por uns momentos, depois se despediu e foi embora. No meio do caminho, voltou ao seu fiel discípulo e ordenou:

- Aprendiz, pegue a vaquinha, leve-a ao precipício ali a frente e empurre-a, jogue-a lá embaixo.

O jovem arregalou os olhos, espantado e questionou o mestre sobre o fato da vaquinha ser o único meio de sobrevivência daquela família, mas, como percebeu o silêncio absoluto do seu mestre, foi cumprir a ordem. Assim, empurrou a vaquinha morro abaixo e a viu morrer. Aquela cena ficou marcada na memória daquele jovem durante alguns anos, até que, um belo dia, ele resolveu voltar aquele mesmo lugar e contar tudo aquela família, pedir perdão e ajudá-los. E assim o fez. Quando se aproximava do local, avistou um sítio muito bonito, com árvores floridas, todo murado, com carro na garagem e algumas crianças brincando no jardim. Ficou triste e desesperado, imaginando que aquela humilde família tivera que vender o sítio para sobreviver. Chegando lá, foi logo recebido por um caseiro muito simpático e perguntou sobre a família que ali morava há uns cinco anos. O caseiro respondeu:

- Continuam morando aqui.

Espantado, entrou correndo na casa e viu que era mesmo a família que visitara antes com o mestre. Elogiou o local e perguntou ao senhor (o dono da vaquinha):

- Como o senhor melhorou este sítio e está muito bem de vida?

E o senhor, entusiasmado, respondeu:

- Nos tínhamos uma vaquinha que caiu no precipício e morreu. Daí em diante, tivemos que fazer outras coisas e desenvolver habilidades que nem sabíamos que tínhamos, assim alcançamos o sucesso que seus olhos vislumbram agora...

SERÁ QUE JÁ ESTOU PRONTA PARA JOGAR MINHA VAQUINHA MORRO ABAIXO?

 



Rosana esteve no divã às 12h26
[ ] [ ]


Ahhh, hoje estou de saco cheio de muita gente, principalmente das pessoas que não valorizam meu trabalho, que me tratam como seu eu fosse uma recém formada inesperiente e nada soubesse sobre o mundo do trabalho. Eu comecei a trabalhar com 16 anos, e tenho muito orgulho desta minha trajetória. Já trabalhei com pessoas de todos tipos e todas as classes sociais, já fui adorada, elogiada, odiada, mal interpretada, esquecida e subestimada. Também já estou cansada de me preocupar com outros, agora vou é cuidar mais de mim, falar o que der na telha, ser mal educada se necessário, não falar com ninguém se não tiver vontade, dizer "não quero, não posso, não estou a fim" com mais frequência. Cansei de ser a pessoa ponderada e educada que sempre fui, pensando nos sentimentos dos outros...e os meus, como ficam???Tenho de me abster, privar ou controlar o que estou sentindo, por causa de alguém? Não, isso não vale a pena, aliás a única pessoa que vale e muito a pena me preocupar é o Alexandre (meu marido). Ele me entende, me faz bem e está sempre do meu lado me apoiando e me fazendo feliz!

Rosana esteve no divã às 12h55
[ ] [ ]


Até que enfim trocaram meu sofá-cama, ele rasgou após 5 meses de uso e após 4 meses de negociação com a fábrica da Ortobom, eles me mandaram um novinho, com tecido mais resistente, mais bonito e bem mais firme que o outro.

Conheci um psicólogo que é dono de uma consultoria de RH e gostei muito dele, uma pessoa ética e bem profissional, espero que dê certo de trabalharmos juntos.

A minha terapia está me trazendo tantas questões a serem pensadas!

 



Rosana esteve no divã às 10h21
[ ] [ ]


Encontrei com minha analista na xerox. Ela tinha mandado fazer umas transparências e não ficaram boas, daí resolveu ir até a xerox da psicologia para fazer outras e acabamos nos encontrando por lá. É estranho, pois estou acostumada a vê-la no consultório, e de repente lá está ela toda calma e paciente apesar das transparências terem ficado horríveis e ilegíveis. Se fosse eu, tinha voltado no lugar que fez e exigido que fizessem tudo de novo. Não é á toa que ela é minha analista, tenho muito a aprender!

Rosana esteve no divã às 22h49
[ ] [ ]


Hoje acordei com uma vontade louca de mudar. Mudar de casa...alguém tem um apartamento em Paris para emprestar por uns tempos? Mudar de país...alguém ai pode doar uma passagem para um país europeu? Mudar meu corpo....alguém é dono de um spa e quer me oferecer 90 dias grátis? Mudar meus hábitos alimentares...alguma nutricionista se habilita? Mudar de guarda-roupa...algum dono de loja quer me oferecer algumas peças da coleção passada? Mudar de visual...alguém conhece um cabelereiro e uma manicure que sejam ótimos e cobrem baratinho? Mudar de emprego...alguém conhece alguma escola que esteja precisando de uma psicóloga especializada em orientação profissional? Mudar a cara do meu blog...alguém conhece alguém que faça um lindo template para mim? Mudar meus pensamentos e atitudes...isso eu estou tentando, embora leve tempo, sou persistente!

Rosana esteve no divã às 09h53
[ ] [ ]


Ontem tive um sonho que me fez pensar em pontos importantes na minha vida. Cadê minha função pensamento que me faz planejar e me agarrar nos meus planos e teorias? Cadê minha agressividade? Porque fico me preocupando com coisas que ainda não aconteceram e faço com que elas me impessam de buscar outras? Neste sonho a minha "velha sábia" apareceu e conversou comigo e então pude perceber o quanto não estou em contato com minha intuição e meus valores internos. Muito a se pensar e a fazer!

 



Rosana esteve no divã às 11h19
[ ] [ ]


Eu dei um tempo em várias coisas nestas últimas semanas. Andei pensando muito e parece que agora estou enxergando melhor as os fatos. Eu quero respostas para tudo e infelizmente a vida não é assim.

Assisti o filme "O sorriso de Monalisa" e me identifiquei muito com a personagem Katharine Watson (Julia Roberts) pois como ela, eu também tenho grandes expectativas sobre as pessoas e acabo me decepcionando com muitas delas. 



Rosana esteve no divã às 16h33
[ ] [ ]


 
"O que seria do mundo se todos fossem bem ajustados? Haveria um tédio sem fim".
[Carl G. Jung]


A Dona do Divã

Psicóloga, paulistana e casada, toda semana compartilha seus pensamentos e reflexões em seu divã.


E-mail

psicologanodiva@gmail.com

MSN

psicologanodiva@hotmail.com

Outros Divãs

Café Paris
Coisitas da Vivi
Converse Com Meus Neurônios
Cora Carolina
Kalleidoskópio
Levando a Vida
Montanha Father
Pão Francês
Um Ringue Para Dois



O Passado

01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004


Observadores



Créditos

Babi